1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!. 1,2,3,4, SER LOBINHO É UM BARATO!!! 4,3,2,1, MAS NÃO É PRA QUALQUER UM!!!.

domingo, 9 de agosto de 2009

Coisa de Criança...

Paralendas e Lengalengas

Êpa, esta palavra até parece um trava língua! Aprendemos uma porção de paralendas em nossa infância (Em Portugal elas são chamadas de lengalengas!). As paralendas são versos que muitas vezes não fazem sentindo. Às vezes nos contam pequenas historinhas, outras vezes são totalmente malucos! Coisa de gente lelé da cuca!
As paralendas são muitas vezes declamadas durantes as brincadeiras de pular corda ou de balanço. Não se sabe quando elas começaram, mas são passadas de boca em boca há muitas gerações e algumas já se tornaram parte do folclore Brasileiro
.

Veja algumas Lengalengas

Cadê o toucinho que deixei aqui?
O rato comeu.
Cadê o rato?
O gato comeu.
Cadê o gato?
Foi para o mato!
Cadê o mato?
O fogo queimou.
Cadê o fogo?
A água apagou.
Cadê a água?
O boi bebeu!
Cadê o boi?
Esta moendo o trigo.
Cadê o trigo?
O padre comeu.
Cadê o padre?
Esta rezando a missa.
Cadê a missa?
A missa acabou!

Hoje é domingo. Pede cachimbo.
O cachimbo é de ouro. Bate no touro.
O touro é valente. Bate na gente.
A gente é “fraco”. Cai no buraco.
O buraco é fundo. Acabou-se o mundo!


Janela,
Janelinha,
Porta campainha!


Um dois, feijão com arroz.
Três, quatro, feijão no prato.
Cinco, seis, feijão em inglês.
Sete, oito, feijão com biscoito.
Nove, dez, feijão com pasteis!

0 comentários:

Postar um comentário

Blog Widget by LinkWithin